terça-feira, 16 de novembro de 2010

OFICINA MONTESSORI

NOS DIAS 14, 15 E 16 DE OUTUBRO, AQUI NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS- UFT, TOCANTINÓPOLIS, FOI REALIZADA A SEMANA ACADÊMICA DE PEDAGOGIA, E NÓS, AO ESTUDARMOS MARIA MONTESSORI TANTO EM FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO, ONDE PRODUZIMOS UM ARTIGO, QUANTO EM FUNDAMENTOS E METODOLOGIAS DO TRABALHO EM EDUCAÇÃO INFANTIL, CONFIGURAMOS UMA OFICINA E APRESENTAMOS NA SEMANA ACADÊMICA.


PARA COMPREENDERMOS COMO SE DÁ O PROCESSO EDUCATIVO EM MONTESSORI, APRESENTO UMA PARTE DO ARTIGO PRODUZIDO POR MIM (RITA DE CÁSSIA), ONDE DISCUTO, DE FORMA GERAL, A TEORIA DE MARIA MONTESSORI NA EDUCAÇÃO:



MARIA MONTESSORI



A educação para Montessori é uma educação para a liberdade, está ligada ao pleno desenvolvimento do indivíduo, de suas capacidades motrizes e atividades enquanto seres independentes.

Nesse âmbito, coisas simples como calçar um sapato, abotoar a camisa, organizar os brinquedos após a brincadeira, devem ser trabalhadas com as crianças para que estas não dependam dos adultos para fazê-lo.

Uma das grandes contribuições de Montessori é o uso de materiais, que a mesma planejou para propiciar à criança o maior aguçamento dos seus sentidos ao mesmo tempo em que se trabalha a apreensão cognitiva. Por exemplo, para a criança que ainda não está na fase de abstração, é mais condizente trabalhar bem com ela o que é empírico, concreto, como as formas geométricas, texturas, altura, quantidades etc., para que a mesma possa desenvolver bem esse aspecto natural de modo que, mais adiante se torne capaz de abstrair esses conhecimentos e, assim, dominar tanto o concreto quanto o abstrato.

Esse conhecimento dá-se de maneira individual, posto que em Montessori, toda educação é auto-educação e, embora as crianças estejam em grupo a aprendizagem não é grupal, desta forma mantém-se o foco no indivíduo, o que rendeu algumas críticas a esta autora por parte do movimento da Escola Nova.

Na linha montessoriana, o papel do professor é apenas orientar a criança em suas atividades psíquicas e propiciar um ambiente adequado às suas disposições naturais, isto é, ao seu desenvolvimento que ocorrerá naturalmente no decorrer de sua evolução, instigando assim, sua atividade espontânea.

Liberdade para Montessori não quer dizer espontaneísmo, fazer o que se quer sem disciplina ou regras, tanto que a educação moral se faz muito presente. Mas a liberdade adquire o sentido de autonomia e independência dentro dos limites do meio, ao mesmo tempo em que se faz o uso desse ambiente de forma a satisfazer uma necessidade pessoal, também se trabalha a concepção de que o espaço do outro deve ser respeitado, portanto, o que eu fizer não pode prejudicá-lo e vice-versa.

Por exemplo, numa sala de aula, tanto o professor quanto os alunos não devem gritar, sendo que isto pode atrapalhar as atividades dos demais, o que significaria agir inconscientemente e, deste modo, não vivenciar a liberdade e tampouco fazer uso dela.

Como dito anteriormente, independência e autonomia são as bases do sistema educativo em Montessori que, pressupõe dentro de uma rede de atividades, a livre escolha de ocupação por parte da criança, o que de certa forma leva a um isolamento, porém toda atividade é cooperativa para que se possa vivenciar a socialização de todos, pois o simples fato de uma criança respeitar a fala do outro, contribui para o processo de socialização e respeito, embora muitas vezes realize tarefas isoladamente.

A prática do pensar é solitária, e é perfeitamente natural criança descobrir o seu entorno,o que não se deve é inculcar-lhe o aprisionamento em si mesma que possa transportá-la a um narcisismo, e é por isso que o educador deve estar sempre atento, observando e orientando seus alunos moral e eticamente.



A PARTIR DOS SUBSÍDIOS TEÓRICOS ACERCA DE MONTESSORI, ESTRUTURAMOS A OFICINA E APRESENTAMOS!
FOI MARAVILHOSO, APRENDEMOS MUITO MAIS COM ALGO QUE ESTRUTURAMOS E PRODUZIMOS DO QUE SÓ DENTRO DE SALA. NÓS COMPARTILHAMOS NOSSO SABER COM OUTRAS PESSOAS, RECEBEMOS SUAS CRÍTICAS QUE FORAM FEITAS COM MUITO RESPEITO, ENFIM , FOI MUITO PROVEITOSO.
ESPERO QUE POSSAMOS APRESENTAR BEM MAIS E CADA VEZ MELHOR.
 
 
By Rita de Cássia C. Vidal

2 comentários:

  1. Oi Rita

    Gostei da idéia do blog de vocês, concebido como uma memória coletiva do grupo.

    ResponderExcluir
  2. o blog de vcs estão otimo parabens a todas as bolsistas.
    maria aparecida.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião...