sexta-feira, 19 de novembro de 2010

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES

Quando iniciamos as atividades do PIBID nas escolas, fui cheia de expectativas, esperava encontrar alunos alfabetizados e comportados, mas os meus  alunos não eram alfabetizados e nem tão comportados, fiquei desorientada pois não sabia o que fazer, fizemos treinamento e preparação, mas não me sentia capaz de contribuir para a formação desses alunos.
Mas com muita coragem e muita ajuda das colegas de equipe e do coordenador comecei a trabalhar com eles, evoluímos devagarzinho, cada dia uma conquista, todo dia ensinava e aprendia algo novo, então percebe com os meus educando - educadores, que  antes de ensiná-los é preciso conhecê-los. Pois bem, depois que aprende a ouvi-los e a tentar compreende-los,  nossas atividades começaram a dar certo, mas isso não significa que não temos problemas, temos sim, a diferença é que agora  temos  condições de resolve-los.
Creio que todas as vinte bolsistas do PIBID aprenderam uma grande lição nesses meses que estamos com os nossos alunos – professores: antes de serem  alunos, eles são pessoas, que precisam tanto de instrução escolar quanto de atenção e compreensão dos seus educadores. Pois se o papel principal da escola é formar seres sociáveis, é preciso que os professores entendam e  compreendam  que seus alunos são seres humanos, com defeitos e qualidades.
LEIDIANE MARTINS DOS SANTOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião...