sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Visita à brinquedoteca

Durante os dias normais de atividades do PIBID na escola, algumas crianças costumam chegar atrasadas. Mas hoje (vinte e oito de setembro de dois mil e dez), dia de ir para a universidade todas as crianças foram pontuais. Compareceram vinte e sete alunos. Percebíamos em cada criança um euforismo, uma alegria em entrar num ônibus(micro) e fazer uma viagem, uma breve viagem, mas, uma viagem. Para elas foi uma aventura e tanto.
Chegando à universidade, todos estavam ansiosos para entrar na brinquedoteca, era quase impossível conter a curiosidade de saber o que existia atrás daquela porta.
No entanto resolvemos iniciar as atividades contando uma história, ou melhor a vovó Naná (fantoche) contou a história de "Sansão" para a sua netinha Leleca (fantoche) e para toda a criançada. Quando a vovó terminou de contar a história, perguntou a eles se haviam gostado, todos responderam que sim. A vovó Naná foi tirar seu cochilo de toda tarde e a criançada adentrou à brinquedoteca. A algazarra foi tão grande, foi tão grande que levamos um susto, as crianças conversavam entre si a respeito dos brinquedos enquanto os escolhiam. Havíamos planejado utilizar alguns jogos como quebra-cabeça, dominó, mas isso no primeiro momento não foi possível. Somente alguns minutos depois, quando já haviam explorado muito bem o ambiente é que conseguimos que algumas crianças começassem a utilizar os jogos. Um carro de plástico que cabe uma criança dentro foi a grande sensação da tarde para os meninos.Todos queriam dirigí-lo. Houve até criança (Messias) que chorou para não sair do carro, só ele queria andar, mas acabou(por livre e espontânea pressão) saindo do carro para que outros pudessem desfrutar daquele brinquedo tão cobiçado.
Enquanto estávamos ali, observando-os naquela alegria e brincando com eles, o tempo passou tão depressa que quando percebemos já era hora de lanchar e voltar para casa.
Temos plena convicção que esse dia será guardado para sempre na memória daquelas crianças que na grande maioria não possui condições financeiras de adquirir alguns tipos de brinquedos existentes na brinquedoteca. Nos sentimos felizes e agradecidas a toda a equipe da brinquedoteca e do cineclubinho, pelo apoio, ajuda, paciência e compreensão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião...