sábado, 14 de agosto de 2010

COMO UM ROMANCE- DANIEL PENNAC

PENNAC,Daniel- Como um romance;tradução de Leny Werneck. - Porto Alegre,RS: L e PM; Rio de Janeiro: Rocco,2008. 152 p.- (coleção L e PM Pocket; 722)


COMO UM ROMANCE, UMA OBRA DE DANIEL PENNAC TRADUZIDA POR LENY WRNECK,DISPOSTA EM QUATRO PARTES, 57 CAPÍTULOS SUCINTOS ATÉ A III PARTE,SENDO QUE NA PARTE IV O AUTOR APONTA OS DIREITOS INPRESCINDÍVEIS DO LEITOR, QUE SÃO DEZ.
O LIVRO FALA SOBRE A LEITURA E, AO LONGO DO MESMO, É ABORDADA COM SUTIS CRÍTICAS QUE CONSEGUEM PENETRAR O ÍNTIMO DE QUEM LÊ.
SUA PRIMEIRA E PRINCIPAL CRÍTICA É ACERCA DA LEITURA COMO DOGMA. PENNAC UTILIZA-SE DA IMAGEM DE UM MENINO QUE, SUBENTENDE-SE SER ELE MESMO,PRECISA TERMINAR DE LER UM LIVRO DE QUASE 400 PÁGINAS, SENDO ESTE UMA TAREFA DA ESCOLA.O MENINO FAZIA DA LEITURA UM FARDO QUE AUMENTAVA DE TAMANHO SOB O OLHAR DAS PRESSÕES EXTERNAS: PAIS E PROFESSORES...
O AUTOR TAMBÉM CRITICA O MODO METÓDICO COMO A ESCOLA TRATA A LEITURA,O QUE PROVOCA UM DISTANCIAMENTO ENTRE LEITORES E LIVROS. AQUELES TRAZEM EM SI O MEDO QUE ALIMENTA A MÁ VONTADE EM LER.ESTE MEDO É O DE NÃO COMPREENDER QUE, MUITAS VEZES, REFERE-SE AO RECEIO DE NÃO CORRESPONDER ÀS EXPECTATIVAS DE QUEM IMPÕE A LEITURA.
DANIEL PENNAC APRESENTA IMPORTANTES DICAS DE RECONCILIAÇÃO COM A LEITURA COMO "NÃO PEDIR NADA EM TROCA"(p. 110), NÃO ENCARÁ-LA COMO UM DEVER ATÉ PORQUE A CURIOSIDADE E A VONTADE SÃO DESPERTADAS E NÃO FORÇADAS.
PENNAC OFERECE PRECIOSAS PISTAS AO SEU LEITOR DE COMO DESPRENDER A LEITURA DAS ESTRELAS E ASSIM INFECTAR OUTRAS PESSOAS COM O GOSTO DE LER. O PRÓPRIO AUTOR DIZ QUE "NÃO HÁ MELHOR MANEIRA DE ABRIR O APETITE DE UM LEITOR , DO QUE LHE DAR A FAREJAR UMA ORGIA DE LEITURA"(p. 112).
SEGUNDO O AUTOR, OS LIVROS NÃO FORAM FEITOS PARA QUE SE EMANEM COMENTÁRIOS A SEU RESPEITO, MAS PARA SEREM LIDOS. ENTRETANTO, NOSSA VIDA EM SOCIEDADE, EXIGE QUE SAIBAMOS COMENTÁ-LOS E ASSIM, COMO DIZ PENNAC, "O COMENTÁRIO REINA ABSOLUTO A PONTO DE ESCONDER O OBJETO COMENTADO"(p. 119). ESSE FENÔMENO, DE ACORDO COM ELE,CHAMA-SE COMUNICAÇÃO, QUE SEMPRE NOS IMPÕE A RETÓRICA DO MERCADO...
DANIEL APONTA COMO POSITIVO O FATO DE PAIS LEREM HISTÓRIAS PARA SEUS FILHOS DESDE DE CEDO, E CONTÁ-LAS DE MODO A INSTIGAR E AGUÇAR A CURIOSIDADE, COM PRAZER, ATENÇÃO E RESPEITO À OBRA E AO LEITOR(OUVINTE).
AO FINAL DA LEITURA DE COMO UM ROMANCE, REVELA-SE O MISTÉRIO DA PEDRA FILOSOFAL QUE ENVOLVE A MAGIA DA LEITURA E A DESCOBERTA DO LEITOR EM POTENCIAL QUE EXISTE EM TODOS NÓS.


RITA DE CÁSSIA (PEARL CASTLE)

Um comentário:

  1. Que lindo seu comentário...vamos, sim, marcar outras sessões e captar almas no vazio do céu e do mar...
    Estás adicionada no msn. O meus é:
    francisco.pereria130@hotmail.com, ok?
    Bjs e um bom domingo!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião...