sexta-feira, 10 de setembro de 2010

RELATO DAS EXPERIÊNCIAS NA ESCOLA ALTO DA BOA VISTA II

"AS DUAS PRIMEIRAS SEMANAS NA ESCOLA, O QUE EQUIVALE A 4 DE CONTATO COM AS CRIANÇAS, FORAM MOMENTOS QUE MEXERAM COM O NOSSO INTERIOR,POIS MESMO TENDO A CLAREZA DE NOSSA FUNÇÃO COMO BOLSISTAS PIBID, TORNOU-SE IMPOSSÍVEL NÃO NOS PREOCUPARMOS COM O NÍVEL DE DESENVOLVIMENTO DAQUELAS CRIANÇAS. O SONO NOS FALTOU QUANDO PERCEBEMOS QUE VÁRIAS DELAS AOS DEZ, ONZE ANOS, ENCONTRAM-SE AINDA NO NÍVEL SILÁBICO.
SENTIMO-NOS IMPOTENTES DIANTE DE TANTAS CRIANÇAS QUE PODERIAM ESTAR NO NÍVEL ALFABÉTICO MAS QUE, POR DIVERSOS MOTIVOS,AINDA NÃO HAVIAM AVANÇADO. COMO FAZER COM QUE AVANCEM? QUE ATIVIDADES DESENVOLVER NUMA TURMA TÃO DIVERSIFICADA? OS QUESTIONAMENTOS ENCHERAM NOSSOS PENSAMENTOS.
HAVIA DIAS EM QUE AS ATIVIDADES CHAMAVAM A ATENÇÃO DE UNS E DE OUTROS NÃO, PRINCIPALMENTE OS MAIORES DE DEZ, ONZE E DOZE ANOS.
NOS PERGUNTÁVAMOS: SERÁ QUE ELES REALMENTE ESTÃO GOSTANDO DE PARTICIPAR DO PROGRAMA?
PERCEBEMOS QUE CADA DIA QUE PASSAVA, APARECIAM MAIS CRIANÇAS QUERENDO FAZER PARTE DO GRUPO.
RESOLVEMOS TRABALHAR DUAS SEMANAS COM A TEMÁTICA FOLCLORE. CONVERSAMOS COM ELES, EXPLICANDO O QUE É FOLCLORE,QUAIS AS MANIFESTAÇÕES FOLCLÓRICAS E, DENTRO DESTAS, INTRODUZIMOS ALGUMAS CANTIGAS DE RODA E TAMBÉM CONTAMOS A LENDA DA IARA.
A PARTIR DESSE DIA (SEGUNDA-FEIRA, 23/08/10) COMEÇAMOS A ENXERGAR JÁ ALGUM RESULTADO DO NOSSO TRABALHO. PERCEBE-SE ATRAVÉS DAS FALAS DAS CRIANÇAS, UMA INQUIETAÇÃO POSITIVA, UM DESEJO DE APRENDER A LER.
A ATIVIDADE DE RECORTAR LETRAS DE REVISTAS PARA FORMAR O NOME DAS PERSONAGENS DA HISTÓRIA E COLAR NO LIVRINHO QUE CONFECCIONAMOS,FOI O QUE CONSEGUIU ENVOLVER A TODOS, INDEPENDENTEMENTE DE IDADE E SE SABIAM LER OU NÃO.
TERÇA-FEIRA,DIA 24/08/10, O MOMENTO DA LEITURA DA HISTÓRIA FOI MÁGICO. ESCOLHEMOS A FÁBULA "A FORMIGUINHA E A NEVE". TODOS SENTAMOS NO CHÃO, ALGUNS DEITARAM PARA PRESTAR MAIS ATENÇÃO NA HISTÓRIA.
QUANDO COMEÇAMOS A LEITURA, INTERPRETANDO AS FALAS DAS PERSONAGENS,PERCEBEMOS NOS ROSTINHOS, UMA COMPAIXÃO TÃO GRANDE PELA FORMIGUINHA QUE, PRESA NA NEVE, PEDIA AJUDA A UM E OUTRO, SEM QUE NINGUÉM A SOCORESSE.
AO TÉRMINO DA HISTÓRIA, SÓ O QUE OUVÍAMOS ERA: "CONTA MAIS UMA VEZ TIA!". E ASSIM O FIZEMOS. PEDIAM PARA QUE CONTÁSSEMOS DEZ VEZES, NO ENTANTO DECIDIMOS QUE EM OUTRO MOMENTO TRABALHRÍAMOS ESSA HISTÓRIA COM UMA ABORDAGEM DIFERENTE.
AGORA, CONVICTAS DE QUE NOSSO TRABALHO ESTÁ SURTINDO EFEITO,MESMO QUE LENTAMENTE,PODEMOS DORMIR MELHOR COM A CONSCIÊNCIA DE QUE O CAMINHO É REALMENTE ESTE: TRABALHAR COM DEDICAÇÃO, PROCURANDO DESENVOLVER NOSSO TRABALHO DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL. DESSA FORMA CONSEGUIREMOS SIM DESPERTAR, NUMA GRANDE PARTE DAQUELAS CRIANÇAS,O GOSTO PELA LEITURA."

By Eliane Gomes Rocha Sousa

3 comentários:

  1. MINHA CARÍSSIMA COLEGA ELIANE CONSEGUIU, COM SUAS DOCES E PROFUNDAS PALAVRAS,TRADUZIR UM SENTIMENTO DO QUAL TAMBÉM COMPARTILHO. OXALÁ TODOS OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO FOSSEM ASSIM...
    SINTO-ME ORGULHOSA EM TER COLEGAS TÃO EMPENHADAS.
    UM DIA ,QDO EU FOR MÃE, PODEREI DEIXAR COM CONFIANÇA MEU FILHO OU FILHA, NAS MÃOS DESSAS PROFISSIONAIS.
    O CAMINHO É ESTE MESMO!!!
    ABRAÇOS AFETUOSOS,
    RITA DE CÁSSIA

    ResponderExcluir
  2. Só uma observação...mexer é com X. Só corrige isso, o texto tá ótimo!

    ResponderExcluir
  3. obrigada pela observação Anônimo, mas poderia ter identificado-se...
    de qlqr forma, vlw pela visita, e tá corrigido o erro ortográfico!!
    bjos

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião...