quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Analise do texto "O que é leitura" Maria Helena Martins

O livro "O que é leitura" da autora Maria Helena Martins nos apresenta inúmeras questões a serem consideradas por nós futuros pedagogos, sobretudo, como bolsistas do PIBID, haja vista nossa atenção está centradas em desenvolver atividades de práticas de leitura que formem novos leitores. A obra nos traz pontos importantes de serem refletidos, como a tese defendida pela autora de não se pensar a leitura estritamente no terreno dos escritos, más percebermos que fazemos diferentes leituras do contexto mais geral no qual estamos inseridos, e que essas leituras que iniciam no nível pessoal vão se ampliando no decorrer das experiencias da vida.
Asssim, a autora nos traz novos horizontes para se pensar a leitura, ou melhor as diversas leituras que nos são solicitadas nos diferentes momentos da nossa vida, ter domínio dos mecanismos que constituem essas situações nos permite não só compreende-las mas intervir quando necessário.
Entre muitos pontos interessantes da obra, é notável que ao afirmar que a escola se configura como oportunidade única para alguns alunos de ter contato com a leitura, a autora nos induz a pensar no modo como a leitura tem acontecido, se tem sido limitada aos livros didáticos, ou se estendido a outras leituras que possam contribuir para alargar a visão dos alunos, despertar a sensibilidade, a criticidade, ou tem servido como ponte para estudar aspectos estruturais na aula de portugues.
Devemos considerar que os niveis de leitura apresentado pela autora servem de norte para planejarmos nossas atividades, pois facilita a percepção do nivel em que cada aluno se encontra no ato de ler , seja no nivel sensorial- leitura através dos sentidos- seja no nivel emocional- no campo das emoções/sentimentos- ou ainda no nível racional- enfatizando a razão a partir de normas preestabelecidas ou quando interrelacioná-los na leitutra. Nesse sentido, ter conhecimento destes nos forneceu elementos que torna possivel a compreenssão das diferentes reações dos alunos frente a leitura.
De todo modo se pretendemos alcançar a leitura efetiva nos nossos alunos, que nas palavras da autora essa efetividade ocorre quando se consegue promover a descoberta, a fantasia, a autonomia, a consciência da realidade, envolvendo as mais diferentes leituras das expressões da construção humana, a partir de uma perspectiva mais ampla que relaciona componentes sensoriais, emocionais e racionais, devemos nos atentar para o que é de interesse do aluno, buscando despertar o gosto pelo o que lhe é desprezado, tendo consciencia que sua atitude amistosa ou conflitante no ato de ler , resulta de alguma situação vivencida anteriormente.
Portanto, fazer a leitura do livro foi de grande valia para nós, pois nos trouxe novos horizontes frente ao processo de aquisição da leitura, nos mostrando que não é um processo simples, mas algo que requer uma atençao especial, pois necessitamos desta por toda a vida, não no sentido mais elementar de codificar e decodificar os signos, todavia no sentido mais efetivo do ato de ler.

Acadêmica: Raiolene Matos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião...